{LIVROS EM AÇÃO} As Vantagens de Ser Invisível

  • segunda-feira, março 20, 2017
  • By Aline Lanis
  • 12 Comments


E...  o post chegou atrasado! Era pra ter saído no sábado mas vida acontece, eu acabei esquecendo de ver o filme e deixei pra última hora. Última hora não rolou e então o post tá sendo na segunda mesmo. Mas ei, pelo menos eu fiz certo? Acho que tudo bem então.

Hoje é dia de falar sobre um dos filmes mais fodas que você respeita. Baseado no livro da última resenha e queridinho por muitas pessoas (principalmente tumbleiros!), um dos meus filmes favoritos da vida: As Vantagens de Ser Invisível.


Título Original: The Perks of Being a Wallflower
Gênero: Drama/Romance
Direção: Stephen Chbosky
Duração: 103 minutos.
País: Estados Unidos
Ano: 2012

MEU DEUS O QUE  DIZER DESSE FILME?

O filme segue fielmente a história do livro, Charlie escreve cartas para uma pessoa desconhecida e não está nada animado com o ensino médio. Seu melhor amigo se suicidou e ele é um garoto solitário. Mas isso muda quando ele conhece Sam e Patrick e o restante de seus amigos. Ele desenvolve um carinho lindo e enorme por eles, o que é lindo de se ver.

Ele já é antiguinho, foi lançado em 2012 quando eu ainda nem tinha começado o ensino médio. Hoje eu já tô no segundo ano da faculdade. Loucura total. Ainda mais quando eu penso no quão importante ele foi pra mim já que algum tempo depois do lançamento eu estava na mesma posição de Charlie, prestes a começar o ensino médio e morrendo de medo de como isso ia ser.

E saber de toda a trajetória dele me ajudou a encarar a nova escola de forma diferente. Infelizmente não conheci nenhum Patrick e nenhuma Sam mas as pessoas que conheci foram ótimas pra mim naquele momento então tudo bem.


Vi o filme antes de ler o livro, e sinceramente só vi porque tinha a Emma Watson e o Logan Lerman no elenco. Na época eu estava extremamente carente com o fim de Harry Potter e estava viciada em Percy Jackson. Imaginem a emoção ao ver um filme que tinha esses dois? Foi lindo.

Primeiramente eu não entendi muito bem sobre o que o filme abordava. Talvez pela idade, eu não tinha nem 15 anos quando ele foi lançado então acabei pegando apenas algumas coisas. Entendi um pouco melhor quando li o livro, mas acho que só fui entender realmente toda a loucura que acontece agora que reli e revi o filme. 

Adoro quando isso acontece.


Esse é aquele tipo de história que você continua voltando para escutar e não cansa. A cada momento você sente uma nova pegada ou enxerga as coisas com outra visão. Nós como espectadores da vida de Charlie somos, de certa forma, um "wallflower". A gente vê e entende. Talvez não entenda completamente, mas compreendemos o que acontece.

E não sei vocês, mas Charlie é muito importante para mim. 
Ele tem uma história linda de superação. Durante sua história, podemos ver seu crescimento como pessoa e como amigo.

"E há pessoas que se esquecem como é ter 16 anos quando fazem 17.
Eu sei que tudo será histórias um dia e que nossas fotos vão virar lembranças. Todos nós viraremos mãe ou pai de alguém. Mas agora, esses momentos não são histórias. Isso está acontecendo. Eu estou aqui e estou olhando para ela. E ela é tão linda. Eu posso ver. O momento em que você sabe que não é uma história triste. Você está vivo, e você vê as luzes nos prédios e tudo que te faz pensar. E você está ouvindo aquela música na estrada com as pessoas que você mais ama no mundo. E nesse momento, eu juro, nós somos infinitos."

Acho que a melhor parte do filme é o fato de que o roteiro e a direção ficou com o próprio autor do livro, o que fez a adaptação ser absurdamente incrível e fiel. As poucas mudanças que tem são tão bem feitas que não tenho o que reclamar.  

AH! E pessoalmente, levo esse filme no fundo do meu coração pois foi graças a ele que conheci The Rocky Horror Picture Show, O MUSICAL DA MINHA VIDINHA! E sou eternamente grata a Stephen por colocar isso em sua história, porque assim como a história de Charlie esse musical mudou a minha vida e aquece minha alma.


É isso pessoal. 
Desculpe por não ter postado no sábado e também pelo post não ter ficado uma maravilha...poderia ter sido melhor. Eu sei. Mas espero que vocês tenham gostado. 💚

You Might Also Like

12 comentários

  1. Ahhhh, quero muito ver, ainda mais porque tem minha queridinha emma watson. Todo mundo comenta que é um filme que dá pra você tirar lições pra vida toda, preciso realmente assistir :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim!
      é um filme lindinho,quase um estilo de vida! hahaha

      Eliminar
  2. Eu assisti e achei tãããão fofo!!! Eu amo a Emma e amo todos os filmes que ela faz (Inclusive, estou num caso de amor SERÍSSIMO com A Bela e a Fera. Não to sabendo lidar)! Queria ler o livro, pq achei que seria melhor ainda, mas como vc disse que o filme segue fielmente a história do livro, acho que vou deixar pra depois kkk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. HAHAHAHA ok,mas leia o livro sim u.u

      eu ainda não fui ver A Bela e a Fera, tô quase surtando!!

      Eliminar
  3. Esse filme é tão bonitinho mas eu lembro que logo que assisti não me apaixonei por ele. Mas quero muito assistir de novo um dia desses, porque acho que vou aproveitar bem mais :))
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahah eu me apaixonei logo de cara, mas a cada vez que vejo de novo meu amor aumenta!

      beijo

      Eliminar
  4. Eu AMO esse filme, de verdade mesmo. Mas ainda me parece um pouco confuso. Emma e Logan e Ezra, nossa é muito amor! Sou louca pra ler o livro mas sempre esqueço de comprar, uma pena ser tão fininho né?
    Skyscrapers

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, acho que você vai entender melhor depois que ler o livro. Eu também achei meio confuso antes de ler.

      Ah, acho que o tamanho dele é ótimo! O autor soube aproveitar e fez uma ótima história,mesmo que curta.

      Eliminar
  5. Eu assisti esse filme e o achei muito amorzinho, ainda não li o livro e há anos ele está na minha lista pra ler, não sei porque ainda não o comprei, preciso mudar isso. Haha

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. HAHAHAHHA PRECISA SIM!

      Quando ler, faz resenha u.u

      Eliminar
  6. Cara, eu simplesmente amo o filme. Mas preciso saber: a tia abusou dele psicologicamente ou fisicamente? O filme é um dos meus preferidos, pois retrata minhas crises de ansiedade e histeria de maneira fiel, foi uma das primeiras vezes que me senti representada em algum filme. Enfim, ótima resenha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vish... lá vem

      [SPOILERS] PULE ISSO

      É meio que os dois, é abuso sexual :S

      Eliminar