{LIVROS EM AÇÃO} Se Enlouquecer, Não se Apaixone

by - sábado, março 25, 2017


Bom sábado pessoal! Como vocês estão? 
Eu estou ótima! Hoje eu tô fazendo 19 anos! DEZENOVE! Parece que foi ontem que eu tinha 14 e tava entrando no ensino médio. Loucura. Enfim.

Por falar em "loucura", hoje eu vou comentar um pouco sobre a adaptação do livro da última resenha, Uma História Meio que Engraçada, que tem a minha musa Emma Roberts. 💟
Vamos lá?

Título Original: It's Kind of a Funny Story
Gênero: Comédia Dramática/Romance
Direção: Anna Boden e Ryan Fleck
Duração: 101 minutos.
País: Estados Unidos
Ano: 2010

Quero começar logo de cara falando sobre esse título que é, no mínimo, estúpido. É mais que óbvio que os tradutores quiseram aproveitar a vibe de sucesso do filme "Se Beber, Não Case!" e usar isso como base pra traduzir já que no elenco tem um dos atores desse filme.

Eu não faço ideia se isso funcionou, mas eu tenho certeza que se tivessem traduzido o título original ia ficar um ótimo título. "Se Enlouquecer, Não se Apaixone" não remete nada a história contada. Olhando o título sem saber do enredo, você é levado a acreditar que o filme vai ter uma vibe de que se apaixonar é ruim. Sem contar a parte do enlouquecer, qual é. Então se você tem um problema mental você não é merecedor de se apaixonar?

Eu odeio esse título, sério.
Mas, relevemos porque o filme é ótimo!

Lauren Grahan maravilhosa ♡

"Se Enlouquecer, Não se Apaixone" conta a história de Craig, um garoto de 16 anos que tem uma ama família amável e uma "ótima vida", mas sofre de depressão e pensa em cometer suicídio. Antes mesmo de tentar algo, ele liga para o disque-suicídio (não sei bem como é o nome aqui no Brasil) e se interna na ala psiquiátrica.

Como o andar dos adolescentes está em reforma, ele fica com os adultos. Lá ele faz amizade com alguns pacientes e até conhece uma garota, Noelle, com quem desenvolve um sentimento a mais.

Noelle toda trabalhada no ódio depois de Craig se comportar como um babaca.
Cercado de pessoas "loucas", Craig se desespera ao imaginar o que seus amigos e professores vão pensar quando descobrirem que ele está internado naquele lugar e tenta convencer sua psiquiátrica (que aliás, é interpretada pela linda Viola Davis) a liberá-lo antes, e ela diz a melhor frase do filme: "Não há nada do que se envergonhar, Craig. Depressão é uma doença. Se você fosse diabético, ficaria embaraçado com isso?"

O filme retrata fielmente a linda história de superação de Craig que Ned Vizzini criou em seu livro. As mudanças que fizeram são tão sutis e bem colocadas que não incomodam de forma alguma o espectador que leu o livro.


Uma das mudanças que mais me agradou foi o personagem Bobby. Talvez seja pelo ator que o interpreta, mas me agradou demais. O Bobby do livro é um dos melhores personagens e no filme não é diferente. Zach Galifianakis trás um ar mais cômico para o personagem, diferente do livro que o personagem é um pouco mais sério. 

Diferente do livro, em que boa parte da história é o contexto e os fatos que levou Craig a entrar em depressão e se internar, o filme se passa quase que completamente no hospital. Vemos o desenrolar de Craig crescendo, entendendo e aceitando seus problemas todo ali.

A escolha que fazer o fim quase que idêntico ao livro me agradou completamente. Os verbos sendo citados ao mesmo tempo que temos fotos de Craig fazendo aquilo que está dizendo é lindo de se ver e como no livro, nos trás a sensação de esperança.

"[...] Respirar.
        Viver."
Veja o trailer:


Esse filme era bem popular no tumblr, inclusive foi lá que conheci a história.
E vocês, já assistiram esse filme? Se não, ele está disponível na netflix! Me digam aqui nos comentários o que acharam depois!

You May Also Like

5 comentários

  1. Menina, sempre vejo esse filme na netflix mas o título NUNCA me chamou a atenção!
    Ai você disse que o titulo nao tem nada a ver com a historia, ja fiquei feliz... Porque sempre achei o titulo meio tosquinho, também! Eu li e adorei! Ja entrou pra lista.

    Beijocas,
    Dossiê de Verão | Fanpage | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ALÁ! Total idiotice esse titulo hahaha

      Espero que goste do filme! (:

      Eliminar
  2. Esse filme é um amor realmente. Assisto sempre que posso!

    www.sramaia.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Quando li o título eu achei que fosse de comédia, tanto pelo título quando pelo o ator de se beber não case. Comecei a ver mas ainda não terminei. Mudando de assunto, moça que amor de blog einh? Adorei <3
    Skyscrapers

    ResponderEliminar

  4. Alineeee ♥♥♥
    Eu nunca tinha ouvido falar nesse filme, mas depois do seu post já vou procurar pra assistir também e depois eu te conto o que achei :)
    Parece ser um filme muito amorzinho ♥
    adorei
    ótima sexta
    bjo

    Tati C.

    ResponderEliminar