17/05/2017

A Revolução dos Bichos, de George Orwell (#31)



Cá estamos nós pra falar sobre um livro importantíssimo. Mesmo super curiosa eu até fiquei com receio de lê-lo, tanto que eu deixei ele abandonadinho na estante mesmo com o plano de ler logo que ele tivesse chegado. Mas, assim como todos os outros livros que estão guardados, sua vez de ser lido chegou. 

Fiquei chateada que eu acabei não gostando o tanto que eu achei que gostaria do livro. Mas isso pode ter acontecido diversos fatores além do livro em si, como problemas e estresse que ando enfrentando agora. A questão é que por ter personagens que são animais, eu acabei lendo com o pensamento que não seria tão forte o impacto da mensagem. Mas acabou sendo pesado do mesmo jeito, talvez até mais.

"A Revolução dos Bichos" narra a história de um grupo de animais de uma granja que cansados de tanta exploração dos humanos resolvem se revoltar para expulsá-los e comandarem sozinhos a granja. Isso tudo tem início com Major, um porco já velho que passa para os outros animais toda essa ideia.

Após a morte de Major, os animais criam um plano e conseguem o que querem. Nessa nova forma de viver cada animal tem seu papel e todos ajudam pelo de todos. E são os porcos ficam encarregados da parte intelectual, o que faz com que eles fiquem na liderança rapidinho.

Publicado em 1945, o livro nada mais é do que uma sátira em forma de fábula sobre o que acontecia na época. George Orwell escreve desde a revolução russa e stanilismo e olhando mais atentamente é possível notar quem é quem na fábula.

Mas apesar disso, não é necessário saber de cor e salteado sobre o que rolava naqueles anos. Eu mesma li sem saber exatamente (sempre fui péssima em história), e isso não atrapalhou nada a minha experiência lendo "A Revolução dos Bichos". Isso porque ela pode ser relacionada com outros assuntos como por exemplo, a ganância e a tirania.

Conforme a história de desenrola, os porcos vão oprimindo cada vez mais os outros animais e se tornando talvez até piores do que os humanos. E não é nada difícil ver isso acontecer na nossa realidade. E isso com qualquer assunto.

Parece que o que a gente mais vê por aí são pessoas que depois de conquistar certo poder, perdem sua "essência" de antes e mudam completamente. Lidar com poder é difícil, por mais que eu tente negar, eu acredito que nós somos predispostos a ser desse jeito e é por isso que eu sempre bato na tecla que precisamos nos vigiar constantemente para sermos pessoas boas.

Abuso de poder está em todos os cantos: políticos, policias, professores... pais.
Estamos sempre numa grande Pirâmide dos Gritos e sempre há alguém gritando citando uma das loucuras do Barney Stinson porque no fim, tem muita lógica e se esquecendo que no fim somos todos humanos e teoricamente, iguais. Mas infelizmente, há quem acredite que alguns são mais iguais do que outros.

O poder é complicado.

Título Original: Animal Farm - A Fairy Story
Autor: George Orwell
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 147
Tradução: Heitor Aquino Ferreira

O que achei?
não me cativou | okay | legal | me cativou | amei demais | alma gêmea | ONDE ESSE LIVRO TAVA SE ESCONDENDO?

1 comentário:

  1. Oi Aline!
    Lembro que li esse livro há muito tempo,na época de escola.
    De fato ele tem muitos elementos relacionados a Revolução Russa e muita relação inclusive com os dias de hoje.Essa relação é o mais interessante nos livros do Orwell.Já leu 1984?Super recomendo,vai ver como a história é mais atual do que a gente imagina!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar