21/06/2017

Casada até Quarta, de Catherine Bybee (#33)

Queria começar falando que eu sei que eu tô sumida, mas quero pedir desculpas mais uma vez. Tentei manter o ritmo no fim do semestre mas não rolou. E acho que isso vai acontecer sempre porque fim de semestre é fogo! Mas agora vai voltar tudo ao normal, juro! E nessa volta a rotina que eu venho falar sobre o livro "Casada até Quarta" que veja só, está sendo postado numa quarta hahaha

Esse livro chegou de surpresa em casa em parceria de ação com a Grupo Editorial Record, ele ainda veio com um convite de casamento, um pingente de Santo Antônio e uma aliança que serve em mim como dá pra ver na foto ali em cima, e sim eu coloquei só pra tirar a foto. E apesar de ter uma premissa clichê em que você já sabe mais ou menos como a coisa vai andar, eu fiquei animada e curiosíssima com a história.

"Casada até Quarta" é o primeiro livro da série "Noivas da Semana", e nesse volume vamos ver a história de Blake Harrison, um homem charmoso e bem sucedido que fez sua fortuna sozinho. Mas ele vem de uma família nobre da Inglaterra e ao falecer, seu pai deixou o título e uma grande herança para ele. E apesar de não precisar do dinheiro, ele ainda tem sua mãe e irmã que estão acostumadas a viver aquela vida de luxo.

O problema é que para que Blake consiga receber o título e essa herança, ele precisa estar casado. O pai deixa isso bem claro no testamento. Dessa forma, ele contrata o serviço da agência de casamentos Alliance. A dona dessa agência é Samantha Elliot, o que deixa o rapaz surpreso já que ele esperava encontrar um homem (isso porque ele o conhece como Sam). O que aliás, foi o que me ganhou logo no início.

Nesse primeiro capítulo, nós acompanhamos o primeiro encontro dele com a dona da agência. Como eu disse antes, ele acredita que vai encontrar com um homem e fica surpreso ao ver uma bela moça no lugar. E o mais legal é que a autora colocou ali a questão da mulher não ser levada a sério no seu trabalho. O próprio Blake pensa que daria apenas 10 minutos para que ela provasse que poderia fazer um bom trabalho. Isso é interessante de ser pensado.

Não é nada incomum mulheres ficarem nessa posição. Vivemos numa sociedade machista em que a mulher é vista como inferior ao homem, como se ela não pudesse fazer um bom trabalho com o mesmo desempenho (ou até melhor) do que um homem. Blake até lhe pergunta se ela usa o nome "Sam" para enganar seus clientes. O que vem com a melhor resposta: "Você teria vindo se soubesse que eu era mulher?" 


Mas voltando.
Blake acaba não querendo nenhuma das pretendentes apresentadas por Samantha, por algum motivo ele fica fissurado nela e isso só aumenta quando descobre sua história de vida e que ela está passando por problemas financeiros devido ao alto custo do hospital em que sua irmã fica. Por isso, ele decide oferecer o o contrário milionário para ela. Até achei isso legal, ele querer ajudar a situação dela.

Não é nenhum segredo de que ela aceita. Afinal, ela precisado dinheiro e o cara é gato. Até eu aceitaria, e olha que eu sou bem orgulhosa! A partir daí eles passam a ter que aprender a conviver juntos e a convencer a todos, principalmente os advogados do pai de Blake, de que o casamento é legitimo. No caminho há complicações nas exigências da herança, mentira, ex invejosa e interesseira p* da vida pelo casamento, reviravolta digna de novela mexicana (o que teve pontos a mais comigo! adooooro) e um final feliz.

Em suma, eu adorei o livro! Li ele em poucos dias e foi bem divertido e pretendo ler os outros, o que me incomodou mesmo foi as cenas de sexo. Se você já leu minha resenha de Garota do Calendário (se não, é só clicar aqui) sabe que eu não sei lidar com livros eróticos, cenas de sexo no geral. Sei lá, acho meio forçado na maior parte das vezes. Então não foi diferente, mas pode ser que tenha sido a tradução... tinha frases bem nada a ver pra mim. Mas foi só isso que me incomodou mesmo, e deu pra relevar já que o foco não era isso.

Lembrando que, a série Noivas da Semana tem sete livros (óbvio né Aline haha) sendo que o primeiro e o segundo volume (Casada até Quarta e Esposa até Segunda) já foram lançados e o terceiro está em pré venda \o/

Título Original: Wife by Wednesday
Autora: Catherine Bybee
Série: Noivas da Semana #1
Editora: Verus
Páginas: 196
Tradução: Sandra Martha Dolinsky
COMPRAR
O que achei?

não me cativou | okay | legal | me cativou | amei demais | alma gêmea | ONDE ESSE LIVRO TAVA SE ESCONDENDO?

3 comentários:

  1. eu tambem recebi. eu adorei o livro, é leve e cativante. estou louca para ler a coleção
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Olá, Aline.
    Esse livro é muito amor. É como você disse, mesmo sendo clichê, a gente gosta mesmo assim.
    Gostei que você destacou essa questão do machismo. Outra coisa que me incomodou um pouco foi o livro ficar repetindo a ideia de que mulheres são emocionais, como se os homens também não fossem e como se nós também não agíssemos com base na razão. Mas fora isso, gostei muito do livro.
    Abraços.


    Blog Impressões de Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, bem lembrado! Também me incomodou que a Samantha finge que não é tão sentimental assim, ela tenta não ser sei lá. Mas dá pra relevar isso haha
      Abraços!

      Eliminar