21/07/2017

As Aventuras do Capitão Cueca Vol. 1, de Dav Pilkey (#38)


TRÁ-LÁ-LÁAAA!
E aqui estou eu pra falar sobre um livrinho que teve um papel muito importante na minha vida de leitora. Isso porque ele foi um dos primeiros livros que me fez ficar animada com a leitura, sem falar da diversão que ele me proporcionava. E também foi por causa deles que eu comecei a frequentar com frequência a biblioteca da minha cidade quando criança. Ai ai, amo demais o Capitão Cueca.

Lembro muito bem que quando eu tinha mais ou menos 7 ou 8 anos era quase tradição meu pai me levar até a biblioteca municipal da minha cidade depois da escola para que eu pudesse pegar emprestado livros. Como isso acontecia com frequência, quase toda semana eu tava lá. Na sala onde ficava os livros infantis e infanto juvenis costumava ter alguns animais empalhados e eles me davam calafrios. Gente sério, porque isso existe? Quem foi o doente que resolveu começar isso? 

De qualquer forma, foi ali naquela sala que um dia eu achei o Capitão Cueca. Tava explorando a procura da minha próxima leitura e vários dos livros dele estavam expostos. Acredito que eles eram novos ali na biblioteca, para estarem ali expostos e não nas prateleiras. Enfim, resolvi pegar alguns para levar para casa. Foi a melhor decisão que fiz. E eis que a mais de 10 anos depois eu entro em contato com o senhor Capitão Cueca. E vou te falar, eu me apaixonei de novo por essa história. Por conta de todo esse tempo, eu não lembrava com detalhes desse volume e me surpreendi assim como na primeira vez. Mas vamos para a história!

Nesse primeiro volume nós conhecemos Jorge e Haroldo, dois grandes amigos que vivem fazendo arte e que sempre os colocam em apuros. Como Haroldo adorava desenhar e Jorge adorava inventar histórias, eles passam bastante tempo criando histórias em quadrinhos. O maior super-herói que eles fizeram é justamente O Incrível Capitão Cueca. Por eles serem bem levados, o diretor da escola deles (que aliás, odeia crianças!) odiava muito os dois.

Depois de finalmente conseguir provas das travessuras que os dois cometeram ao longo do tempo, O Diretor Krupp começa a chantagear os dois com essas provas para que eles façam coisas como lavar o carro dele, cortar a grama e coisa e tal. Mas então Jorge bola um plano para acabar de vez com isso, eles então encomendam um hipno-anel para hipnotizar o diretor e pegar a fita que prova que eles são culpados.

O plano dá certo, mas sendo levados como são eles resolvem se divertir com o diretor antes de voltá-lo ao normal. E é aí que tudo começa a dar errado, eles fazem o diretor acreditar que ele é o Capitão Cueca! O diretor então tira a roupa, fica só de cueca e sai pela cidade pra salvar as pessoas do mal. Eu até poderia dar um spoiler de como acaba (mesmo não acreditando que seja um spoiler real) mas vou parar por aqui mesmo.

Como já falei, é um livro infanto juvenil. Então é um história bem leve e divertida de ser lida, e de quebra ainda tem ilustrações no livro todo. Sem contar o próprio gibi dos garotos no meio do livro. E também a melhor parte na minha opinião o Vire-o-Game em que você mexe as páginas para a ilustração se animar numa cena de ação. É simplesmente maravilhoso. Eu sinceramente não consigo ver alguém lendo Capitão Cueca sem se divertir com ele. Fiquei com muito medo de ler agora com meus 19 anos e achar chato ou muito bobo mas felizmente isso não aconteceu. Eu ria alto e várias partes, o autor sabe muito bem o que faz. É impressionante. 

Ah, e vai ter um adaptação pro cinema esse ano! Eu não tinha colocado muita fé ao saber disso, achei que seria bem mais infantil do que o livro, mas acabei vendo o trailer e já estou super animada. Confere aí:




Título Original: The Adventures of Captain Underpants

Série: Capitão Cueca #1

Autor: Dav Pilkey

Editora: Cosac Naify
Páginas: 128
Tradução: Clara Lacerda
O que achei?

não me cativou | okay | legal | me cativou | amei demais | alma gêmea | ONDE ESSE LIVRO TAVA SE ESCONDENDO?


Sem comentários:

Enviar um comentário